INJUSTIÇA DO GOVERNO DO ESTADO

 INJUSTIÇA DO GOVERNO DO ESTADO

INJUSTIÇA DO GOVERNO DO ESTADO

    O tratamento desigual realizado pelo Governo do Estado do Paraná entre as Polícias está verdadeiramente mostrando um governo sem compromisso e sem respeito pelos servidores policiais civis.

    É um absurdo a categoria Policial Civil ser tratada desta maneira!!!! 

    O SINCLAPOL tem aguardado os coordenadores da PC/PR e do governo do Estado cumprirem as promessas feitas em reuniões e até hoje, um ano e três meses de espera, vislumbramos o total desprezo com a Polícia Civil, uma verdadeira AFRONTA!!!!!!!!!!!!

    A suspensão das promoções, férias, progressões e contagem de tempo tem sido cumprida apenas para a Polícia Civil, a Polícia Militar continua tendo todos esses direitos em dia, conforme Portaria do Comandante Geral nº 608 de 10/08/20 (HOJE).

    Verdadeira AFRONTA à igualdade e contra uma classe que tem sido leal e fiel ao cumprimento do seu dever. A sociedade paranaense não deixou de ser cuidada pela Polícia Civil em momento algum durante a Calamidade Pública que o mundo todo passa. Policiais Civis se mantém em trabalho com honra e lealdade.

    O jurídico do SINCLAPOL está ingressando com ação judicial exigindo o Princípio da Isonomia para a Polícia Civil no sentido das promoções, progressões e todos os demais direitos que JÁ POSSUÍMOS e foram suspensos.

    Nossa luta é pela classe policial civil e não contra nossos irmãos de armas, policiais militares. Destacamos nossos parabéns à Polícia Militar do Paraná por seus 166 (cento e sessenta e seis) anos de história e juntos somos mais fortes.

    Não aceitamos esse tratamento desigual e esse abandono de anos. Exigimos igualdade de direitos. A lei é para todos!. Vamos fazer que se cumpra o Princípio da igualdade!!!!

Curitiba, 10 de agosto de 2020.