SINCLAPOL

Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná


Facebook SINCLAPOL Twitter SINCLAPOL Filiar-me ao SINCLAPOL
Policial Civil

ASSEMBLÉIA PRESTA HOMENAGEM A POLICIAIS CIVIS.

No último dia 15 de março, policiais civis, que serviram ao Estado do Paraná foram homenageados com Menção Honrosa, em sessão solene, na Assembléia Legislativa do Estado do Paraná. Na oportunidade foram homenageados os policiais, Alexandre Perin Pimenta, Leonardo Noddny, Adailton Joaquim Candido e Luiz Carlos Durieux.

Em rápido depoimento ao site do Sinclapol, o investigador, Luiz Carlos Durieux disse que se sente honrado com a homenagem. Duriex iniciou sua carreira na Marinha no Corpo de Fuzileiros Navais onde ficou durante cinco anos. Em 1978 entrou na Polícia Militar do Estado do Paraná, na Rádio Patrulha até o ano de 1983 quando fez o concurso para o cargo de investigador da Polícia Civil do Estado do Paraná.

Duriex trabalhou na Polícia Civil durante 24 anos. Até pouco tempo foi presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) de Pinhais. “Eu e a equipe fizemos um trabalho voltado para o social, com recuperação de pessoas que tem dívida com a Justiça. Os resultados foram muito bons e acho que isto é um reconhecimento,” comenta.

Atualmente, Durieux é professor e ministra aulas de direito penal, processo penal, táticas de abordagem e criminalística. Com uma carreira de sucesso e a sensação do dever cumprido, ele lembra alguns episódios que marcaram sua carreira. “Um desses momentos foi quando estava em Foz do Iguaçu e chegou uma mãe na Delegacia chorando copiosamente dizendo que o marido tinha seqüestrado o filho dela e levado para o Paraguai.

Ela tinha ido a vários lugares, mas ninguém havia lhe dado atenção. Nosso atendimento foi padrão a uma ocorrência de elevada gravidade, conseguimos recuperar o filho dela, foi um trabalho espetacular. Sempre fui policial operacional. O policial operacional tem mais possibilidade de viver momentos inesquecíveis,” relembra Durieux.