SINCLAPOL

Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná


Facebook SINCLAPOL Twitter SINCLAPOL Filiar-me ao SINCLAPOL
Policial Civil

NOTA DE IMPRENSA CONJUNTA DA UNIÃO DOS POLICIAIS DO BRASIL

Brasília, 19 de dezembro de 2016.

 

Da União dos Policiais do Brasil

 

NOTA DE IMPRENSA CONJUNTA nº 12/2016

 

Assunto: Mobilização das Polícias por Aposentadoria Policial

 

A União dos Policiais do Brasil, representando as Entidades de Classes Policiais e das demais Forças de Segurança Pública do país, comunica oficialmente que aguardará até terça-feira, dia 20/12/16, uma resposta do Governo Federal, por meio do Excelentíssimo Senhor Ministro da Justiça e Cidadania, Doutor Alexandre de Moraes, sobre o resultado do pleito conjunto e unificado, ocorrido no dia 14/12/16, consubstanciado na retirada das Polícias, demais órgãos da Segurança Pública e carreiras congêneres, como agentes penitenciários, do texto da PEC 287/16, diante da necessidade premente de finalização dos estudos técnicos contratados junto à Fundação Getúlio Vargas, para posterior apresentação de uma proposta, por meio de lei complementar, fixando novos critérios previdenciários, em face da realidade das categorias em função do cargo e efetivo exercício de atividade de risco.

No dia 21/12/16, às 10h, as Entidades realizarão uma Assembleia Geral Unificada, em que haverá decisão sobre os novos rumos a serem adotados pelo movimento, com anúncio à sociedade e à imprensa, em entrevista coletiva. A pauta da Assembleia terá, entre todos os assuntos relevantes acerca da Reforma da Previdência para os policiais, a criação de um Fundo Único Nacional, que proverá custeio das possíveis mobilizações futuras.

As Entidades aguardam confiantes a decisão do Governo Federal, para que não seja outro o resultado, senão o reconhecimento pela continuidade no texto constitucional da atividade de risco das categorias representadas, o que enseja tratamento adequado, com requisitos e critérios próprios em razão das peculiaridades da atividade policial.

 

UNIÃO DOS POLICIAIS DO BRASIL

 

Abaixo, as Entidades em ordem alfabética, por sigla:

 

ABC - (Associação Brasileira de Criminalística);

ABRAPOL - (Associação Brasileira dos Papiloscopistas Policiais Federais);

ADEPOL BRASIL - (Associação Nacional dos Delegados Policias Civis);

ADPESP - (Associação de Delegados de Polícia do Estado de São Paulo);

ADPF - (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal);

AMPOL - (Associação Nacional das Mulheres Policiais);

ANEPF- (Associação Nacional dos Escrivães Polícia Federal);

APCF - (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais);

APCN - (Associação das Polícias do Congresso Nacional);

ASPAR PF - (Ass. Par. PF);

ASPAR PRF - (Ass. Par. PRF);

CENTRAPOL- (Central Única Nacional dos Policiais Federais);

COBRAPOL - (Confederações Brasileiras dos Policiais Civis dos Estados);

CONCPC - (Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil);

FEBRASP - (Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários);

FENADEPOL - (Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal);

FENAGUARDAS - (Federação Nacional dos Sindicatos de Guardas Civis);

FENAPEF - (Federação Nacional dos Policiais Federais);

FENAPPI - (Federação dos Peritos em Papiloscopistas e Identificação);

FENAPRF - (Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais);

FENASPEN - (Federação Nacional dos Agentes Penitenciários);

FENDEPOL - (Federação Nacional Sindicatos Delegados Polícias Civis);

OPB - (Ordem dos Policiais do Brasil);

SINDEPO-DF - (Sindicato dos Delegados de Polícia do DF);

SINDEPOL-DF - (Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no DF);

SINDEPOL - (11 Estados);

SINDIPOL - (DF Sindicato dos Policiais Federais do DF);

SINDPESP - (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo);

UNIPOL - (União Nacional de Polícias Legislativas).