SINCLAPOL

Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná


Facebook SINCLAPOL Twitter SINCLAPOL Filiar-me ao SINCLAPOL
Policial Civil

CID MARCUS VASQUES ENTREGA A SESP.

Com uma manifestação pública, Cid Marcus Vasques deixa a SESP e retorna ao Ministério Público, deixando aberto uma vaga que desejamos seja ocupada por alguém que entenda de segurança pública e principalmente de Polícia.

Veja a manifestação no link: Manifestação Pública

 

"Retorno ao Ministério Público, instituição na qual construí a minha carreira, para perseguir o interesse público num outro local e numa atividade diferente. Entreguei ao Governador e ao Estado do Paraná exatamente aquilo que outrora havia prometido. A minha luta sempre foi por convicções. O preço que se paga, por vezes, é alto. Mas a falta de coragem seria um preço alto demais. Esse preço, em hipótese alguma, estou disposto a pagar."

Luta árdua, consciência limpa. Deus sempre à frente. 

CID MARCUS VASQUES

PREGANDO MORAL DE CUECA 2.

Não podemos negar que sabemos da hipocrisia que reina em nossa instituição a décadas, demonstrado, ainda mais agora, pelo movimento em derrubar um delegado investigado, mas ao mesmo tempo manter um processado.

No dia de hoje se comprova que o falso moralismo impera em nossa instituição. Para evitar expor o Governador Beto Richa, o Delegado Michelotto enviou ofício solicitando seu desligamento da D.P.E. e Conselho da Polícia Civil.

A pergunta que não quer calar é, porque que aquele que usando viatura oficial no fim de semana, com os familiares e voltando de passeio, se envolveu em acidente com a morte de pessoas, não foi investigado e mantém posição de chefia?

Por que o delegado que incidiu em crime contra a liberdade pessoal, quais sejam sequestro e cárcere privado não tem o mesmo tratamento moral que o delegado investigado e continua divisional?

Se nas duas questões acima fosse um Policial da base, com certeza teria sido condenado pelo Régio Conselho da Polícia Civil e já estaria buscando trabalho na iniciativa privada.

REALMENTE ISTO É PREGAR MORAL DE CUECA.

OLHA A CONTRA INFORMAÇÃO AÍ GENTE!!!

O Governador Beto Richa está muito mal assessorado e informado pela sua equipe, pois não houve proposta nenhuma, somente a informação de que pagariam as promoções do Decreto 7260 de janeiro de 2013.

Isto e não fazer nada mais que a sua obrigação.

"O governador Beto Richa desconhece a decisão dos policiais. Segundo ele, um cronograma de concessão de benefícios teria sido acordado na semana passada em uma reunião entre representantes da administração estadual e da categoria."

Ouça no link abaixo.

http://bandnewsfmcuritiba.com/2014/02/17/policiais-civis-paralisam-atividades-na-quinta-feira/

 

NOSSAS CONQUISTAS SERÃO DO TAMANHO DE SUA PARTICIPAÇÃO.

Confirme presença através do Delegado Sindical de sua Subdivisão.

Cada Delegado Sindical esta relacionando os que podem vir na manifestação para programar os ônibus, alimentação e estadia aos que irão acampar em frente ao Palácio Iguaçu.

Abaixo a lista de contato do Delegado Sindical de sua Subdivisão para ligar a confirmar sua participação.

SDP

1º SDP       JANDIR                  (41) 99780820 / 34203607           

2º SDP       ALESSANDRO       (42) 91477495        

3º SDP       CYRO                    (42) 88287652 / 35321767

4º SDP       MARLI                   (42) 99040068        

5º SDP       HIDERALDO           (46) 99192097        

                  ELZA                     (46) 91012977 / 32200200           

6º SDP       IZAC                      (45) 99112821        

7º SDP       MILTON                 (44) 84395500        

8º SDP       GERSON               (44) 99997314 / 34234894           

9º SDP       JOÃO                    (44) 91077080        

10º SDP     ADEMILSON          (43) 99912150 / 33248910           

11º SDP     RONIE                   (43)99142832 / 91192448 / 35241585

                  EURIMAR              (43) 99079855        

12º SDP     SCYLLA                 (43) 35110600 / 84164821

                  FACCO                  (43) 84164821 / 99766735           

13º SDP     ERINTON                (42) 91312585 / 32235750           

                  LUCIANA                (42) 99616200

14º SDP     MIKHAIL                 (42) 84022806        

                  ARILSON               (42) 88031123        

15º SDP     VANDERLEI           (45) 99517170

16º SDP     MARILENE             (44) 99699557 / 35251161 / 35185500  

                  VALTER                (44) 99627469 / 35185700           

17º SDP      NOCHI                  (43) 91020899 / 34361457           

                  ROMULO              (43) 99810179        

18º SDP      PAULO                 (42) 99815609 / 32737695                                    

19º SDP      CLELIA                 (46) 99748297 / 35246353           

                  VIDAL                   (46) 35251202  (46) 91012977    

20º SDP     GENESIO              (45) 99260393 / 32788562

                  ROSANGELA        (45) 99113958        

 

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO DO DIA 20.

 

A partir de segunda feira serão divulgados os contatos dos delegados sindicais de todas as Subdivisões policiais para as inscrições dos que irão participar da manifestação dia 20 em Curitiba.


Teremos transporte, alimentação, banheiros químicos e barracas montadas em frente ao Palácio Iguaçu.

Ligue ao Delegado Sindical de sua Subdivisão e se informe a partir de segunda feira que o mesmo terá todas as informações para poder lhe orientar.

“QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER” (Vandré)

CHEGAMOS DO INTERIOR...

...e o Sudoeste adere às decisões da Capital e Norte do Estado.

Confirmada a paralisação e manifestação dia 20/02, com grande adesão em todo o Estado, e iremos Lutar até que um “pacote” completo de reivindicações seja aceito e acordado.

Não abriremos mão de;

1-      Promoções e contratações dos aprovados.

2-      Questão carcerária.

3-      Aprovação do Novo Estatuto.

4-      Tabela salarial de nível superior.

O Estado não faz mais que sua obrigação em pagar as progressões e promoções (decreto de janeiro/2013) atrasadas, então não é atendimento de reivindicação e sim um direito previsto em Lei, portanto a reunião de hoje (14/02) não concedeu absolutamente NADA, somente o que já é de direito dos Policiais.

Este movimento é uma reação da Categoria Policial Civil ao desrespeito com que o governo vem tratando os Policiais Civis e sua Instituição.

 

 

CHEGA DE POLITICAGEM E INTERFERÊNCIA EXTERNA EM NOSSA INSTITUIÇÃO.

 


É HORA DE UNIÃO POIS BASTA – POLÍCIA EXIGE RESPEITO.

 

 

 

Polícia Civil: Assembleia em Londrina também decide por paralisação

Assembléia em Londrina - foto 01Acompanhando a decisão dos Policiais Civis de Curitiba, foi decidido em assembleia realizada na noite de quarta-feira (12/2), em Londrina, que os Policiais Civis filiados ao Sindipol (Sindicato dos Policiais Civil de Londrina e Região) e Sinclapol (Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná) aderiram à manifestação e paralisação no dia 20 de fevereiro, para exigir seus direitos. Entre eles promoções, progressões e contratações, juntamente com o problema carcerário e negociação salarial são as principais reivindicações.

Leia mais...

PREGANDO MORAL DE CUECA?

Observando atitudes dos próprios membros de nossa Polícia Civil, fica fácil entender o porquê de a instituição estar passando, à décadas, por problemas.

Além do ocorrido a alguns dias, onde um grupo disse em carta aberta que, “Estávamos fiscalizando se o ex delegado iria ou não participar da sessão”.

Fiscalizando o Conselho? É o rabo balançando o cachorro, mas...

Tem coisa pior.

Agora temos a informação que alguns delegados da cúpula estão articulando para tirar o mesmo delegado da divisão que comanda, pelo mesmo fato gravíssimo de estar, como diz o mesmo declarante acima, “sendo investigado pelo Gaeco”.

O interessante é que um destes articuladores, "divisional" nesta gestão, luta na justiça, hoje no STF, para se livrar da acusação de crimes contra a liberdade pessoal, quais sejam, sequestro e cárcere privado, exatamente alegando que não cabe ao Ministério Público, como titular da ação penal, proceder a investigações.

 

É... é o roto falando do esfarrapado e o sujo do mal lavado...

 

Enquanto isto, ficamos observando nossa Instituição afundando.

 

Haja paciência.

Assembleia em Curitiba decide por paralisação e manifestação.

Na Assembleia realizada hoje em Curitiba, os Policiais Civis decidem por manifestação e paralisação dia 20 de fevereiro para exigir seus direitos. Promoções, progressões e contratações, juntamente com o problema carcerário e negociação salarial são as principais reivindicações.

A aprovação do novo estatuto também é uma das pautas e será cobrada junto com as outras promessas feitas por Beto Richa em sua proposta de governo quando em campanha.

“É momento de união em busca dos direitos da categoria Policial Civil”, disse Gutierrez, que espera uma grande adesão da categoria ao que foi decidido hoje. "Aguardaremos as assembleias do interior para definir as estratégias das manifestações", completou.

ESCLARECENDO O OCORRIDO.

Na data de 04 de fevereiro, seria realizada a primeira sessão do ano, do Conselho da Polícia Civil, mas a mesma foi cancelada em razão de falta de energia elétrica, como pode ser visto nas luzes apagadas das fotos. Estranhamente todos os outros andares estavam providos de eletricidade. 

Na realidade, uma articulação envolvendo a Cúpula da Polícia Civil, tinha a intenção de causar embaraço entre os membros do Conselho, apoiando a atitude de uma associação que insiste em se dizer “sindicato” e que encaminhou ofícios à Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), ao Governo do Estado e ao Departamento da Polícia Civil, indicando que o Delegado Michelotto não poderia integrar o conselho.

A não permanência do ex-Delegado Geral, passou a ser articulada e defendida então pela Delegacia Geral Adjunta, com a alegação de que “ele é investigado”, coisa que o próprio Ministério Público do Paraná (MP), que é o responsável pela investigação, neste sentido, não se manifestou.

Leia mais...