SINCLAPOL

Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná


Facebook SINCLAPOL Twitter SINCLAPOL Filiar-me ao SINCLAPOL
Policial Civil

Policiais Civis se mostram perplexos com reportagem da Rede Globo.

Policiais Civis do Estado do Paraná se mostraram perplexos com a reportagem, “Brasil enfrenta falta de delegados e tem delegacias caindo aos pedaços,” veiculados no Pograma Fantástico da Rede Globo, no último domingo (22). Durante toda reportagem foi abordado exclusivamente a necessidade de se contratar delegados de polícia. A reportagem não expressa a difícil realidade vivenciada por investigadores, escrivães, papiloscopistas e outros servidores da polícia. Na opinião do presidente do Sinclapol, Fabio Rossi Barddal Drummond, a reportagem foi parcial focalizando somente a falta de delegados.

 “Sentimo-nos ofendidos com esta parcialidade, pois investigadores e escrivães é que estão dentro das delegacias de polícia sofrendo todas as agruras desta destruição da instituição. Os investigadores tiram plantões sozinhos, de madrugada com as cadeias cheias de presos. A estrutura física desses locais deixa muito a desejar, nossos colegas trabalham em lugares horríveis com condições precárias.

Situação ainda pior é vivenciada por escrivães. A falta desses profissionais faz com que a função seja exercida por funcionários de outros locais sem a qualificação necessária para exercer o cargo de escrivão. Na mesma reportagem da Globo foi divulgado o depoimento da funcionária de uma prefeitura exercendo o cargo de escrivã e declarando que ela faz tudo sozinha, enquanto os delegados ficam viajando, entre as cidades sob sua responsabilidade, para assinar documentos que já foram produzidos pelos escrivães.

Para o presidente do Sinclapol, a reportagem deveria ter sido feita abordando as mazelas da polícia civil, mas mostrando que a categoria é constituída de um número infinitamente maior de investigadores, escrivães, papiloscopistas e outras funções que não foram lembradas pela reportagem do Fantástico.

NOTA DE REPÚDIO E INDIGNAÇÃO!

Neste ultimo domingo dia 22/10/2017, o programa “FANTÁSTICO” jornal de variedades da rede globo de televisão, veiculou reportagem com o tema Brasil enfrenta falta de delegados e tem delegacias caindo aos pedaços.

A reportagem trata superficialmente o problema das policias civis do Brasil, quando declara que com a contratação de delegados de policia o combate a criminalidade e a crise na segurança pública no Brasil será superado.Demonstram desrespeito aos profissionais das carreiras policiais civis: Investigadores, Escrivães, Papiloscopistas e Agentes em Operações Policiais, que desenvolvem o trabalho de  persecução criminal e acumulam em desvio de função no estado Paraná a custódia ilegal de presos em carceragens que se assemelham a masmorras. Não há investigação nem confecção de inquérito policial sem a participação destes profissionais.

O desafio no combate à criminalidade no país é cada vez maior, por isto, devemos respeitar e reconhecer o árduo trabalho de todos os profissionais envolvidos nessa missão, para todos os policiais civis o enfretamento ao crime com estruturas pífias é uma verdadeira missão.

O sindicato das classes policiais civis do Paraná, SINCLAPOL repudia fortemente este desrespeito aos profissionais das classes de base das carreiras da policia civil não citados, assim sendo relegando estes à margem da estrutura policial civil.                                                                                       

Fabio Rossi Barddal Drummond

Presidente      

 

Divulgado o Almanaque Promoções- 2017.

Publicado pelo Conselho da Polícia Civil no Diário Oficial do Estado do Paraná nº 10051 de 19.10.2017, o Almanaque da Polícia Civil 2017 com a relação para fins de promoções nas diversas carreiras policiais civis.

A preocupação dos servidores é a corrida contra o tempo, pois faltam poucos dias para terminar o ano e para que o governador, Beto Richa edite o decreto de promoções. Na luta contra o tempo, torna-se necessário o esforço de todos os interessados para que o certame seja concluído ainda neste ano. Diante deste desafio, certamente a Polícia Civil sairá fortalecida.

Lembrando que a partir dessa publicação em Diário Oficial, existe o prazo para recurso de 10 dias. Portanto pedimos que os policiais que se sentiram prejudicados não percam este prazo. 

Arquivos: Lista Agentes / Lista DEL 795-17 / Lista Delegado / Lista Escrivão /  Lista Investigador / Lista Papiloscopista

NOTA DE FALECIMENTO

      É com muito pesar que comunicamos o falecimento do Policial Civil, LUIZ CARLOS GUIMARÃES NEVES, Agente em Operações Policiais, lotado atualmente no Centro de Comunicações da Polícia Civil, vitima de atropelamento.

O velório será a partir e 11:00 horas na Capela do Cemitério Água Verde e o sepultamento às 17:00 horas no mesmo Campo Santo.


A família, nossos sentimentos.

OUTUBRO ROSA

Em uma ação conjunta, Sinclapol e União da Polícia Civil, juntamente com a Escola Superior da Polícia Civil, resolveram prestar homenagem ao Outubro Rosa.

Preocupados com a situação do câncer de mama que se alastra, a escola esta realizando palestra sobre a doença e de que forma pode ser feito o auto exame e como é feito o tratamento.

Em contrapartida os professores, alunos, funcionários, estagiários e até a direção da escola estarão usando camisetas doadas por estas entidades no sentido de divulgar o mês de outubro, escolhido para ser o mês de combate.

Estiveram presentes na entrega das camisetas o Vice Presidente Daniel Côrtes junto com o Diretor Rohanito Goes. Também participaram da entrega o vice diretor da Escola delegado Luiz Antonio Zavataro representando o Diretor Delegado Sebastião Ramos Neto que esta em viagem ao norte do Paraná, além de alunas e alunos que abraçaram a causa.

SINCLAPOL COMEMORA ABSOLVIÇÃO DE POLICIAIS MILITARES

A absolvição dos 13 policiais militares pelo Tribunal do Júri de Curitiba na última 2ª feira (9) também é motivo de satisfação para o Sinclapol e a categoria dos policiais civis. Este foi o maior julgamento do estado do Paraná considerando o número de réus e testemunhas arroladas. O julgamento teve a duração de seis dias.

No último dia, uma fila de interessados em acompanhar a decisão chegou a ser formada em frente ao Tribunal do Júri.

Os 13 policiais foram acusados de matar cinco suspeitos de roubar um carro. O roubo aconteceu em 2009, em Curitiba. A acusação envolveu 14 policiais. No entanto, um deles morreu. Os outros 13 foram réus no processo e absolvidos pelo Tribunal do Júri de Curitiba.

APRESENTADO PROJETO DE LEI.

Durante encontro com o secretário de segurança Wagner Mesquita, comunicamos também o afastamento do presidente André Luiz Gutierrez o qual assumiu a presidência do Cobrapol – Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, ficando no comando do Sinclapol, Fabio Rossi Barddal Drummond e Daniel Côrtes respectivamente presidente interino e vice-presidente.

Junto com os diretores, Manoel Afonso e Rohanito Goes entregaram ao secretário uma minuta de lei a qual foi elaborada pelo diretor jurídico do Sinclapol, Evandro dos Santos Baroto, com o apoio da diretora de assistência social, Ana Mion.

O projeto trata do aproveitamento de policiais aposentados para os serviços de cartórios e administrativos dentro das delegacias, sendo que foi recepcionado pelo senhor secretário com muita boa vontade.   

Circular sobre o feriado de Nossa Senhora padroeira do Brasil

Período de Plantão

O Sinclapol estará no período de 12 a 15 de outubro em regime de plantão. Os filiados poderão entrar em contato por telefone com a direção do Sindicato nos seguintes números: Daniel Luiz Côrtes, vice presidente, (41) 998381817; Evandro Baroto, diretor jurídico, (41) 998110080; Carlos Ribisnki Isla, diretor de esportes, (41) 992460961; Rohanito Navarro de Goes, diretor de assuntos parlamentares, (41) 996154937; Desiree da Camara Leal, secretaria geral, (41) 998381415; advogados do departamento jurídico; Naoto Yamasaki, 55(41)3024-4060 ou 55(41)9947-9866 e Milton Miró Vernalha Filho, 55(41)3024-4060 ou 55(41)99655222.

Período de Plantão

O Sinclapol estará no período de 12 a 15 de outubro em regime de plantão. Os filiados poderão entrar em contato por telefone com a direção do Sindicato nos seguintes números: Daniel Luiz Côrtes, vice presidente, (41) 998381817; Evandro Baroto, diretor jurídico, (41) 998110080; Carlos Ribisnki Isla, diretor de esportes, (41) 992460961; Rohanito Navarro de Goes, diretor de assuntos parlamentares, (41) 996154937; Desiree da Camara Leal, secretaria geral, (41) 998381415; advogados do departamento jurídico; Naoto Yamasaki, 55(41)3024-4060 ou 55(41)9947-9866 e Milton Miró Vernalha Filho, 55(41)3024-4060 ou 55(41)99655222.

Sinclapol em Manoel Ribas


Policiais Civis trabalhando 84 horas por semana e recebendo por 40. Quando seremos tratados como cidadãos brasileiros???

Sinclapol em Almirante Tamandaré


A quem interessa uma polícia fraca, engessada e inoperante em razão do desvio de atribuição??? Lugar de preso é na penitenciária, e lugar de Investigador é na rua, trabalhando para atender o cidadão.