Fugas de presos em DPs continuam causando problemas no Paraná

   * Detalhes da fuga de presos no 1.º Distrito, em Curitiba.

O Paraná teve três fugas de presos em DPs durante o fim de semana (19, 20 e 21/5), em ações dos detentos que vem sendo denunciada pelo Sinclapol às autoridades competentes nos últimos oito anos. Na ocasião, haviam aproximadamente 19 mil detentos nas carceragens das DPs paranaenses, que continuam com verdadeiras masmorras medievais, onde policiais civis, muitas vezes, fazem plantões sozinhos, cuidando de cadeias lotadas, em evidente desvio de atribuição funcional, colocando em risco de vida toda comunidade das redondezas.

Na nova Delegacia Cidadã de Matinhos, em nosso litoral, a DP modelo padrão, recém-inaugurada pelas autoridades, que não deveria nem ter carceragem, houve fuga de presos na madrugada de sábado (20/5). Os detentos serraram as grades de uma das celas e fugiram pela janela de uma sala de entrevistas da DP, que no momento estava com 17 detentos. Em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado, uma rebelião na cadeia pública da cidade, na 19.ª Subdivisão Policial, encerrou na manhã de domingo (21/5) e resultou na transferência de 10 presos para a Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, porém ainda ficaram nas carceragens da 19.ª SDP 93 detentos. E em Curitiba, no 1.º Distrito Policial, na madrugada de domingo para esta segunda-feira (22/5), 18 presos fugiram das carceragens lotadas, fazendo um buraco na parede e saindo pela janela de uma sala que deveria servir de setor de investigação.

(mais…)

Continuar lendo
  • 1
  • 2
Fechar Menu